Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sexta-feira, janeiro 11

Olhares

Gosto de olhar as caras das pessoas quando passo na rua. Perceber o que está por trás daqueles rostos, uns sorridentes, outros sisudos, alguns macambúzios, muitos deles neutros. Dou por mim no carro a olhar para os outro condutores quando paramos nos semáforos ou sentado num café a observar as caras que passam na rua através do vidro. Ainda no metro, apertado, ou por vezes no autocarro, este normalmente com os mesmos rostos das mesmas horas nos mesmos sítios. Curiosidade? Tentativa de perceber melhor os outros e a vida? Passatempo? Provavelmente procura de estórias e de vidas que não são contadas, fechadas com cadeados em pessoas que cada menos falam. Ou então uma recuperação do cinema mudo, em que os olhos e a expressão eram mais ricos do que as palavras banais que dominam os filmes de hoje.

Estou a olhar para ti.

7 Comentários:

Às 4:38 da tarde , Blogger emot disse...

Já somos 2

 
Às 10:10 da tarde , Anonymous The One disse...

Estas mesmo a olhar para min, ou a olhares para ti, quando me dizes que me olhas?!

 
Às 5:54 da tarde , Blogger anDrEIA disse...

E olhar para pessoas e ter a sensação de as conhecer de algum lado e não fazer a mínima ideia!?!?! ODEIO... eheheh

PS-Euuu... estou de olho em ti!!! de olho em tiii... (lol)

 
Às 3:27 da tarde , Blogger Sof disse...

E quando és tu que vais sozinho pela rua a lembrares-te de coisas passadas, coisas engraçadas, dás por ti com um enorme sorriso na cara ou até mesmo uma pequena gargalhada... Há sempre alguem a pensar: "em que estará ele a pensar?"

 
Às 11:29 da tarde , Blogger vasco disse...

engatatão

 
Às 1:10 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

Olá, é mesmo teu o texto? gostava de o usar, mas com a tua autorização e identifica-lo com o teu nome.
Obrigado e continua Rui

 
Às 2:31 da manhã , Blogger pedro disse...

É meu sim. Fico feliz por teres gostado e agradeçoo elogio. E claro que podes usar.

Um abraço,

p

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial