Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sábado, junho 16

ER Car

O meu carro, companheiro de guerra e aventuras, que eu tão maltrato com estradas esburacadas, com muito pó, inclinações, ruas estreitas e passagens impossíveis, está há mais de dois meses no estaleiro. Tomei coragem e no outro dia lá fui, como se fosse visitar alguém ao hospital. Estava lá ao fundo da oficina, motor aberto, todo esventrado, fios por todo o lado, como um paciente numa cama ligado à máquina. Fiquei triste e custou-me ver o meu parceiro de viagens neste estado. Disseram-me que dentros de dias já podia ir buscá-lo. Vamos lá ver quando tem alta…

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial