Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

quarta-feira, novembro 8

Ai o toque do Liszt

Hoje de manhã quando tocou o despertador do telemóvel estava a sonhar que estava no cinema, como me acontece muitas vezes. E só pensei «Damn, esqueci-me de desligar o telemóvel outra vez!»

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial