Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sexta-feira, outubro 13

Fácil de entender

The Gift - Fácil De Entender

Talvez por não saber falar de cor, imaginei
Talvez por saber
o que não será melhor, aproximei
Meu corpo é o teu corpo,
o desejo entregue a nós...
sei lá eu o que queres dizer.
Despedir-me de ti, "Adeus, um dia, voltarei a ser feliz."

Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor
não sei o que é sentir.
Se por falar, falei,
pensei que se falasse era fácil de entender.

Talvez por não saber falar de cor, imaginei.
Triste é o virar de costas, o último adeus
sabe Deus o que quero dizer.

Obrigado por saberes cuidar de mim,
tratar de mim, olhar para mim...
Escutar quem sou
e se ao menos tudo fosse igual a ti...

Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor
não sei o que é sentir.
Se por falar, falei,
pensei que se falasse era fácil de entender.
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor
não sei o que é sentir.
Se por falar, falei,
pensei que se falasse era fácil de entender.

É o amor que chega ao fim.
Um final assim,
assim é mais fácil de entender...

Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor
não sei o que é sentir.
Se por falar, falei,
pensei que se falasse é mais fácil de entender.
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor
não sei o que é sentir.
Se por falar, falei,
pensei que se falasse era fácil de entender.

4 Comentários:

Às 6:58 da manhã , Blogger baraka disse...

so hj ganhei coragem para publicar td o q costumo escrever em cadernos que ficam perdidos pelo quarto. tb nao sei no q vai dar, mas valeu a pena vir ate aqui e ler isto.
o fim e sp mau. pq td o q e despedida doi. e deixa saudades eternas...

 
Às 12:36 da tarde , Blogger Heliocoptero disse...

Espero estejas a pôr aqui a letra por gostares da música e não por ela se reflectir em qualquer coisa que tenha acontecido.

E estou mesmo a ver que qualquer dia tenho que te apresentar aos Gift :p

 
Às 12:04 da tarde , Blogger A Sonhadora disse...

Oi sobrinhico querido, bom dia!!!
cá andei nas voltinhas pelo teu território, e fiquei bastante tempo a ler tudinho....
Obrigada pelas visitas ao meu cantinho ...mto humilde... e pelos coments.....kkkkkkkk
Beijocas da sonhadora

 
Às 3:43 da tarde , Blogger Deeper disse...

Ainda não consegui ouvir a música que todos me dizem ser fantástica. Apesar de preferir sempre a voz da Sónia em inglês, acho que vou gostar. Com uma letra assim, só posso mesmo gostar. A propósito da mesma reenvio-te uma mensagem que te deve parecer familiar:
"Um dia o amor virou-se para a amizade e disse:
- Para que existes tu se já existo eu?
A amizade respondeu:
- Para repor um sorriso onde tu deixaste uma lágrima."
E neste momento, eu só quero mesmo sorrir!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial