Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sábado, dezembro 27

Tempo

E se todos os relógios desaparecessem da Terra? Os pulsos ficassem nus, as paredes vazias e os telemóveis sem sinal. Será que podíamos recuperar o tempo? E o tempo que perdemos a encontrar todos os relógios, se é que os podemos encontrar, seria perdido para sempre?

Será que nos conseguíamos continuar a orientar pelo mundo, ou passaríamos a deambular pelas esquinas e pelas nuvens, sem horas para saber onde estávamos?

Será que eu continuaria saber que era eu, e tu continuarias a saber que eras tu?

E se todos os relógios desaparecessem da Terra?

9 Comentários:

Às 8:48 da tarde , Blogger Pedro Espírito Santo disse...

Guiavamo-nos pelo sol, oramessa!

 
Às 8:49 da tarde , Blogger Pedro Espírito Santo disse...

De qualquer forma, apenas sou escrevo do tempo derivado que tenho trabalhos aos quais não posso faltar!

 
Às 8:49 da tarde , Blogger Pedro Espírito Santo disse...

E eu escrevi sobre o tempo primeiro que tu!

 
Às 9:37 da tarde , Blogger Sofia disse...

Cá para mim, eram as estrelas que tomavam conta de nós... Já viste como era bonito? Nós, gentes, cá em baixo, e lá em cima estrelas e planetas a indicarem-nos horas e caminhos!

:)

(Isto para não dizer que a vida era bem capaz de ficar mais simples... Ou então não. Mas que tudo mudava, lá isso é verdade. E numa terra como a nossa, vai na volta esta coisa de não haver relógios acabava em catástrofe.)

 
Às 8:12 da manhã , Blogger il lato nero disse...

Assim o tempo deixava de fugir...

 
Às 12:11 da tarde , Blogger Sof disse...

Por mim podem desaparecer com ele! NOW! Antes que seja segunda-feira!

 
Às 8:27 da tarde , Blogger RPCE disse...

I found you too!

Se o tempo deixa-se de existir:

1- Culparíamos o Sócrates, "derivados" que está na moda culpar o senhor de tudo, se ele tirou os Magalhães aos putos ele seria bem capaz de se afiambrar do tempo;

2- Depois de culparmos alguém, tentaríamos resolver a situação com pessoas "experts" em assuntos surreais e hipotéticos - íamos até carnaxide, invadíamos em peso o programa da Fátima bem na Tertúlia Cor de Rosa e raptávamos o Claudio Ramos para tentar sacar informações;

3- Conseguidas as informações e maneiras de solucionar o problema, livravamo-nos do Claudio (por exemplo levando-o a um passeio nocturno pela Reboleira ou pela Damaia), e de seguida penduravamos a Maia na praça do comércio onde, desde que o sol nascesse até à noitinha, a exma.senhora poderia finalmente ser a Diva do Tempo lendo-nos o Horóscopo da Hora a cada 60min. Nas suas funções incluiriamos também o cantar e dançar o vira para os turistas.

Tudo isto para dizer que concordo com a Sof - a solução passa pelas estrelas =)

 
Às 10:35 da tarde , Blogger Volto já. disse...

E para acrescentar que, como já deves ter reparado, entrei com o login do mail de turma de RPCE em vez do meu...espero que ninguem descubra e se chateie [guilty].

HUGZ

 
Às 11:55 da tarde , Blogger Volto já. disse...

deixasse - deixasse -deixaSSe [my fault]

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial