Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sábado, novembro 29

Cinemando

No outro dia fui ao cinema ao Vasco da Gama. Há já muito tempo que não ia a um cinema que não fosse Medeia (o amigo Medeia Card não deixa). Sessão da meia-noite. Saw V. Sala excelente. Cadeiras confortáveis e com espaço para as pernas. Ecran cinco estrelas, com alta definição. Som também do melhor.

Pipocas e Coca-cola. Fauna bem diferente dos cinemas Medeia.

Mas… intervalo? Depois de 20 minutos de publicidade? E de apenas 35 minutos de filme? De facto esta gente não sabe o que é Cinema.

1 Comentários:

Às 11:46 da manhã , Blogger il lato nero disse...

é pó cigarrinho pá!!!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial