Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

domingo, agosto 26

Big Apple

Depois de muito tempo sem escrever, talvez demasiado, resolvo de novo pegar no escrivinhador, objecto que permite traçar e escrever o que a mente transmite. Como quase sempre estou a fazê-lo à mão e depois segue para o teclado.

Não escrevi primeiro por desleixo, segundo por cansaço, terceiro por saturação, quarto por falta de tempo e quinto, e finalmente, por começar a pensar se tinha algo para dizer ao mundo... ou até se não escrevo apenas para mim próprio. Isto tendo em conta estudos que apontam que a internet está cheia de lixo electrónico...

Mas resolvi retomar. Porque estou finalmente de férias, passado quase um ano, mas sobretudo porque estou do outro lado do mundo. BA, não Bairro Alto mas sim Buenos Aires, Argentina, a Big Apple da América do Sul.

More to follow.

2 Comentários:

Às 11:46 da tarde , Blogger Rita disse...

diverte-te muito : 0 ) beijocassss

 
Às 7:08 da tarde , Blogger XAyiDe disse...

E para quando o teu regresso à vida rediofónica?

Beijo

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial