Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sábado, janeiro 6

2.

Quem dera cortar as nuvens em cubos de caramelo e deixar o sol viver.

1 Comentários:

Às 7:28 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

brilhante



abraços
demente

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial