Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

domingo, setembro 18

A imigração

Sendo Portugal hoje um destino de massas da imigração, nomeamente de populações do leste europeu, porque é que não se procuram maximizar os efeitos desta tendência?

O senso comum indica que muitos dos ucranianos, russos, bielorussos e outros povos eslavo que rumam ao nosso país são profissionalmente de uma elevada qualificação. Médicos, engenheiros, professores universitários, cientistas. E por cá que tarefas lhes reservamos? Trabalhos nas obras, nas limpezas, na restauração pouco qualificada. Ou seja, para além de uma enorme discriminação, estamos a deitar fora o potencial que nos caiu no colo, de mão beijada.

Esperemos que quem de direito comece a olhar para este fenómeno da imigração de leste não como um problema mas como uma oportunidade.

4 Comentários:

Às 6:39 da tarde , Blogger tandyprehiem61350405 disse...

i thought your blog was cool and i think you may like this cool Website. now just Click Here

 
Às 8:46 da manhã , Blogger Heliocoptero disse...

Apoiado, Pedro! E eles integram-se facilmente (e até com gosto nisso): é só preciso um pouco de massa cinzenta e vontade da nossa parte.

 
Às 6:51 da tarde , Blogger Luz Dourada disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
Às 6:54 da tarde , Blogger Luz Dourada disse...

Pois é, mas este problema é como a garrafa de wiskye - para uns está meia cheia, para outros meia vazia...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial