Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

quinta-feira, junho 18

Porquê?

Porque é que os jornalistas insistem em dizer compasso de espera? Porque não um transferidor de chegada?

2 Comentários:

Às 6:51 da tarde , Blogger Sof disse...

Muahahahah Muito boa!

 
Às 3:37 da manhã , Blogger vasco disse...

"os jornalistas" mhh

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial