Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

domingo, junho 7

Votar sempre

"Gostaria muito que se invertesse a tendência negativa que se tem verificado desde as primeiras eleições directas para o Parlamento Europeu e que tem sido no sentido de uma mais baixa participação. Espero que as pessoas escolham o seu partido, do qual se sentem mais próximas. Há cerca de 20 anos, em muitos dos países que fazem hoje parte da União Europeia não era possível votar em liberdade, não havia democracia" disse hoje Durão Barroso, na mesa de voto.

Muito de vez em quando diz coisas acertadas que me levam a concordar com ele e a não compreender aqueles que não vão votar.

1 Comentários:

Às 7:39 da tarde , Blogger Sof disse...

O mais grave é que não votam, vivem em democracia e estão sempre a dizer mal do poder!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial