Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sábado, março 24

Fico muito mais descansado com esta informação preciosa

Mais ridículo do que o artigo pseudo-sério sobre as habilitações de José Sócrates impresso pelo Público foi a saloiice pegada do editorial a justificar a investigação jornalística (!?).

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial