Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

segunda-feira, julho 12

E depois do Adeus

O Rádio Clube despediu-se. É difícil acreditar que é verdade. O minuto fatídico, às 23.59h, já passou. E agora, apesar da frequência continuar a soar, para nós é uma branca. E em rádio uma branca não faz sentido. Que é tudo o que sentimos agora.

E depois do Adeus foi a última música que deu vida ao Rádio Clube. E depois do Adeus, ficamos nós. É nisso que temos que acreditar e por isso que vamos continuar.

A todos e a todas os que passaram por lá, não é preciso dizer mais nada.

Apenas Obrigado.

2 Comentários:

Às 1:32 da tarde , Blogger Sofia disse...

:)

 
Às 1:32 da tarde , Blogger Sofia disse...

:) *

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial