Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

terça-feira, agosto 15

À luz da lua

As noites tropicais parece que desistiram de Portugal nos últimos dias, depois do assalto recente. E assim não pude repetir a tradição dos mergulhos nocturnos, com a água a escorrer como o arco-íris pela pele, com reflexos de luar. Ou ainda o futebol humano, que há muitos anos não jogo e cujas regras já não recordo, mas que eram uma marca dos verões na praia do Cabedelo, em Viana do Castelo.

1 Comentários:

Às 4:23 da tarde , Blogger Nuntius disse...

Noites de verão, já começam a deixar saudades...

Abraço, gostei do blog

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial