Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

sexta-feira, fevereiro 16

Sol e solar

Começam a ser ridículos alguns golpes na nossa Língua. Solarengo e soalheiro. Sempre o mesmo erro. Um dia com muito sol e quase sempre o ignorante proclama «um dia solarengo». Acontece que esta palavra aplica-se a casa solarenga, com forma de solar. Um dia com muito sol é um dia soalheiro. Ponto.

4 Comentários:

Às 11:05 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

olha, sou ignorante

py

 
Às 12:20 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

hoje nas fotos do Público on-line podes um porquinho todo contente em cima de uma tigra de 6 anos, a olhar desconfiada para o fotógrafo...

py

 
Às 12:51 da manhã , Blogger pedro disse...

Tenho de ver a foto. Quanto ao ignorante estamos sempre a aprender ;-)

 
Às 1:15 da tarde , Blogger nina disse...

De facto, hoje em dia as pessoas confundem muito estas 2 palavras. O curioso é que os mais "antigos" afinal não são assim tão ignorantes. Na aldeia beirã dos meus pais, as idosas têm por hábito ir conversar (sobre a vida dos outros) no "solheiro" como elas dizem, ou seja, um lugar soalheiro (nunca as ouvi denominá-lo de solarengo).

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial