Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

terça-feira, maio 10

Momentos na rua

Quando à entrada de um autocarro um rapaz à volta dos 30 anos não ajuda a subir uma senhora idosa, de bengala e claramente com dificuldades de locomoção, dá que pensar.

Mais do que a crise financeira, o que nos devia preocupar é sobretudo a crise de valores.

1 Comentários:

Às 2:55 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

O último parágrafo está a mais neste post. Bjs Lipi

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial