Tigre da Tasmânia

«Eu escrevo como se fosse salvar a vida de alguém. Provavelmente a minha própria vida» C. Lispector

domingo, outubro 21

Faltam 10 km

O Miguel ama a mulher. A mulher do Miguel teve cancro e venceu a luta. O Miguel ama a mulher e por ela prometeu correr 20 km. Ontem o Miguel correu 20 km e passou a amar ainda mais a mulher. No estádio, percorridas as 50 voltas, na linha da meta, um coro de 200 mãos bateu palmas e o Miguel emocionou-se. Chorou. Chorou muito agarrado ao amor da sua vida. E todos nós ficámos balançados, de uma forma ou de forma perdemo-nos nos nossos pensamentos. De como somos capazes de muito se o quisermos, de como podemos amar e vislumbrar a felicidade, mesmo por entre dificuldades. Ontem corri 10 km. Continuo à procura dos outros 10. Falta uma metade, que tarda em chegar.

4 Comentários:

Às 12:52 da manhã , Blogger Rita disse...

amo qd escreves assim... beijo

 
Às 8:47 da tarde , Anonymous PC disse...

Eu sou os teus outros 10 km, e estou aqui, à tua espera! Vem! Anda!

 
Às 5:24 da tarde , Blogger Carlinha disse...

que texto tão bonito. adorei

 
Às 6:12 da manhã , Blogger Kokas disse...

Vai chegar! Trust me!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial